Instituto Superior Técnico

O IN+, Centro de Estudos em Inovação, Tecnologia e Políticas de Desenvolvimento, é um centro de investigação pertencente ao Instituto Superior Técnico que desenvolve atividades de investigação multidisciplinares nas áreas de sustentabilidade, nomeadamente na criação e avaliação de políticas de ciência, gestão de tecnologia e estratégias de inovação nas áreas da gestão dos recursos energéticos, utilização racional de energia, bem como a utilização de recursos endógenos, articuladas com a necessidade de garantia da qualidade do ambiente e de desenvolvimento económico e social sustentado e responsável.

No decurso dos últimos dois anos, o IN+ tem vindo a desenvolver um conjunto de competências particulares nas áreas de sistemas e tecnologias inteligentes em diferentes atividades de gestão de energia, desde a monitorização energética, controlo de energia e a avaliação do seu impacto económico e social. O IN+ tem desenvolvido no âmbito do Programa MIT Portugal um número significativo de projetos no estudo da eficiência energética em edifícios através da alteração de comportamentos, nomeadamente:

SMART TAGUS – as instalações do Instituto Superior Técnico localizadas no campus do Taguspark foram alvo de medidas de colocação de sensores de monitorização e componentes de interação com os utilizadores;

GREEN CAMPUS –competição de eficiência energética entre 59 universidades portuguesas, através da criação de planos de medidas técnicas e comportamentais para 1 edifício no campus. Foi financiado no PPEC 2011-2012 e contou com a participação de 81 equipas compostas por alunos, professores e funcionários técnico, totalizando 319 concorrentes.

SMART CAMPUS – trata-se de um projeto de investigação europeu que decorre em 4 universidades europeias (IST, POLIMI de Milão, LTU-CDT de Lulea, Suécia e METROPOLIA de Helsínquia). Tem o objetivo de tornar a gestão energética do campus mais próxima do utilizador através do desenvolvimento de sistemas inteligentes de gestão de energia.

NETZERO SCHOOL – projeto que pretende avaliar o impacto de atividades curriculares ou experimentais, levadas a cabo numa escola do primeiro ciclo, na alteração do perfil de consumos, bem como os efeitos de spillover em 60 lares verificados na comunidade escolar (alunos, pais e professores);

Parceiros
Técnico Lisboa
PT
ISA
Adene